PORQUE OS RADIOLOGISTAS INSISTEM NA CANTILENA DE QUE MAMOGRAFIA AUMENTA DETECÇÃO? E DAÍ?

Interessaria saber se caiu a mortalidade pelo câncer de mama e sabe-se que não caiu!

Uma médica sanitarista e especialista em medicina preventiva escreveu-nos elogiando o artigo “A CAMPANHA PARA ABOLIR A MAMOGRAFIA GANHA FORÇA”.

Agradecemos e respondemos que entendíamos seu entusiasmo, pois foram as descobertas advindas da área com a qual trabalha a epidemiologia, que permitiu determinar as falhas da mamografia. Eu disse a ela que tive a oportunidade de assistir a inúmeras palestras em congressos médicos desde 1990, nas quais os radiologistas relatavam que a detecção estava aumentando e deveria cair a mortalidade em breve, o que nunca aconteceu!

A última vez foi em 2013, na Jornada  Anual sobre Câncer de Mama , ministrada por médica radiologista de São Paulo especializada em mamografia: a mesma cantilena, sem mudar o disco e ignorando que a mortalidade recusava-se a cair. A verdade não interessa!  Assombroso para profissional médico do sexo feminino.  Por que não falou sobre as taxas de mortalidade de câncer de mama nos países que adotaram o rastreio mamográfico de rotina e que nunca caíram em decorrência da mamografia?

Mas o importante é vender o peixe: façam a mamografia!

As mulheres que se danem!!!

Se você gosta de estatística, digira mais esta:

  • A Mortalidade por câncer em geral na Suécia é menor que Dinamarca
  • Atribuída a estilo de vida: os suecos são mais magros, fazem mais exercícios, a alimentação é mais saudável, fumam menos e comem menos embutidos do que os Dinamarqueses.
  • Suécia  90% população foi rastreada pela mamografia
  • Dinamarca 20% população foi  rastreada pela mamografia

 

Comparação queda mortalidade na população 50-69 anos ( 1989-2006)

Suécia              ↓ 16%

Dinamarca     ↓ 26%

A única área que a Dinamarca ganha da Suécia é no câncer de mama: as dinamarquesas tiveram maior queda da mortalidade do que entre as suecas e na  Dinamarca só 20% das mulheres fizeram a mamografia regularmente.  Será pelo efeito carcinogênico da irradiação da mamografia? Na Suécia foi rastreada quase 100% da população feminina entre 50 e 69 anos. A  queda da mortalidade de câncer de mama observada nos 2 países ocorreu após introdução de novos tratamentos, mais eficazes e não  pela mamografia,  pois daí a queda da mortalidade na Suécia  teria que ter sido maior.

rosasss

  • Figura 1 – símbolo da Comemoração 20 anos programa de rastreio mamográfico na Inglaterra  em 2008

Como são folhetos e campanhas mídia rastreio mamográfico?

  • Tudo róseo, como no símbolo fig. 1 – sem informação sobre malefícios
  • Mencionam que rastreio aumenta chance diagnóstico precoce e de ter cirurgia conservadora = falso
  • Malefícios chamados de inconvenientes
  • Benefícios mencionados são falsos
  • Dizem que Rastreio reduz mortalidade peo câncer de mama = falso
  • Não informam stress se mulher é chamada para refazer exame
  • Não informam que a mamografia pode diagnosticar Câncer inexistente
  • Não avisam risco diagnóstico excessivo e tratamento exagerado
  • Não avisam que Mamografia gera falsa segurança
    • Mulher crê que estará livre câncer de mama até o próximo exame e menospreza sinais do câncer de  intervalo   (50% dos casos)
  • Referências científicas citadas são erradas ou fraudadas
    • 100% das conclusões são de pesquisadores radiologistas, com sérios conflitos de interesses
    • 0% dos pesquisadores mencionados são neutros e respeitados pela comunidade científica,  como a  Cochrane e  Força Tarefa – EUA e teriam conclusões muito diferentes àquelas apresentadas nas campanhas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s